: : FALE CONOSCO : : Dúvidas Frequentes : : WEBMAIL
Secretaria > Projetos > Educação Infantil > A Rede em Rede
Mapa do Site
Quem Somos
Apresentação
Projeto Entorno(DOT Infantil/Sala e Espaço de Leitura)
Convênios
Solicitação de Vagas
Portaria de Matriculas
Cadastro de demanda
Dúvidas frequentes
Fale conosco
 
site apresentação
 
A Rede em rede: formação continuada na Educação Infantil
 
Este programa busca apoiar a tarefa dos trios gestores na elaboração e implementação de projetos locais de formação continuada de professores em todas as unidades educacionais dos CEI, EMEI e EMEE da Rede Municipal de Ensino do município de São Paulo. (Portaria 938/06 - SME).
 
O ponto de partida foi o documento "Tempos e Espaços para a Infância e suas Linguagens nos CEIs, Creches e EMEIs da cidade de São Paulo", escrito conjuntamente por DOT Educação Infantil e representantes das 13(treze) Diretorias Regionais de Ensino em 2005. Na ocasião, todos concordavam com o fato de que o documento em si pouco representaria para a Rede se não pudesse gerar discussões e institucionalizar algumas práticas educativas. Foi com esse intuito que nasceu um programa de formação cujo foco principal era o Coordenador Pedagógico. Mas qual a razão para a existência desse programa?
 
É consenso no meio educacional que o aperfeiçoamento do trabalho realizado com as crianças na Educação Infantil requer um conjunto variado, contínuo e cuidadosamente planejado de situações voltadas para a formação continuada dos professores. O cotidiano escolar apresenta inúmeras demandas que extrapolam as ações dos professores na relação direta com as crianças. O Coordenador Pedagógico é capaz de responder a todas essas demandas e enfrentar inúmeros problemas complexos, cuja solução depende de um olhar atento, informado e peculiar em cada unidade educacional. Ele não é um mero gestor de sistemas e de boas práticas, e sim um parceiro institucionalmente designado para cuidar da tarefa de formação continuada docente nas unidades de nossa Rede.
 
O programa A Rede em rede foi apresentado em 2005 com previsão para implantação e implementação de sua programação em três fases consecutivas (2006 a 2008) e estendido de 2009 a 2011 por indicação das avaliações realizadas pela Rede ao final de cada fase.
 
Conheça melhor a trajetória do programa, clicando nos links abaixo: